Paroquia Santa Luzia

Só Jesus é o caminho

 

Festa do Divino

 

“A vida no planeta, morada do Divino Espírito Santo”.

1º DIA DA NOVENA EM LOUVOR AO DIVINO ESPÍRITO SANTO

Tema do dia: “A Vida”, morada do Divino Espírito Santo.

1-Comentário inicial:

COM: Pentecostes marca o nascimento da Igreja. É o Espírito Santo sendo derramado em nossos corações e transformando vidas. Preparemos o caminho para o Espírito Santo, não tenhamos medo de recebê-Lo, pois Ele nos ajuda a perceber o que é a favor da vida ou contra a vida. Sabemos que a vida é um presente que recebemos de Deus e que ela deve ser sempre morada do Divino Espírito Santo. Vamos iniciar a nossa celebração Eucarística acolhendo em nosso meio o Cristo, juntamente com a procissão de entrada, cantando.

2-Canto de Entrada

3-Acolhida:

PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

AS: Amém.

PR: Irmãos e irmãs, a vós paz e fé da parte de Deus, nosso Pai, a graça e alegria de nosso Senhor Jesus Cristo, no amor e na comunhão do Espírito Santo!

AS: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

4-Apresentação do Tema

COM: Estamos reunidos para dar início a mais uma Novena em Louvor ao Divino Espírito Santo! Este ano o tema é: “A vida no planeta, morada do Divino Espírito Santo”. Iniciamos hoje, com o tema: “A vida, morada do Divino Espírito Santo”. Queremos suplicar ao Senhor da Vida que envie sobre nós seus Dons e sua Graça. Peçamos ao bom Deus que faça de nós morada do Divino Espírito Santo; que tenhamos a abertura de coração para compreendermos que a vida no planeta é morada do seu Espírito. Senhor envia sobre nós o Espírito Santo, fonte da Vida e do Amor.

AS: Vem Espírito Santo e renovai a face da terra.

5-Ato Penitencial

PR: O Senhor Jesus que nos convida à mesa da Palavra e da Eucaristia, nos chama à conversão. Reconheçamos ser pecadores e invoquemos com confiança a misericórdia do Pai, cantando.

PR: - Deus, Pai misericordioso, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

AS: Amém

6-Hino de Louvor – Cantado

7-Oração

PR: Ó Deus, todo-poderoso, a ascensão do vosso Filho já é nossa vitória. Fazei-nos exultar de alegria e fervorosa ação de graças, pois, membros de seu corpo, somos chamados na esperança a participar da sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

AS: Amém!

8-Liturgia da Palavra.

8.1- Leitura (At 18, 9-18)

COM: O Apóstolo confia em seu ministério porque confia no Cristo como sendo verdade eterna, e sabe que sua palavra é a Palavra do próprio Cristo. É diante das muitas dificuldades, que encontramos no mundo, que o Reino vai sendo gerado e concretizado no meio de nós.

Leitura dos Atos dos Apóstolos __ Estando Paulo em Corinto, uma noite, o Senhor disse-lhe em visão: 'Não tenhas medo; continua a falar e não te cales, porque eu estou contigo. Ninguém te porá a mão para fazer mal. Nesta cidade há um povo numeroso que me pertence.' Assim Paulo ficou um ano e meio entre eles, ensinando-lhes a Palavra de Deus. Na época em que Galião era proncônsul na Acaia, os judeus insurgiram-se em massa contra Paulo e levaram-no diante do tribunal, dizendo: 'Este homem induz o povo a adorar a Deus de modo contrário à lei.' Paulo ia tomar a palavra, quando Galião falou aos judeus, dizendo: 'Judeus, se fosse por causa de um delito ou de uma ação criminosa, seria justo que eu atendesse a vossa queixa. Mas, como é questão de palavras, de nomes e da vossa lei, tratai disso vós mesmos. Eu não quero ser juiz nessas coisas.' E Galião mandou-os sair do tribunal. Então todos agarraram Sóstenes, o chefe da sinagoga, e espancaram-no diante do tribunal. E Galião nem se incomodou com isso. Paulo permaneceu ainda vários dias em Corinto. Despedindo-se dos irmãos, embarcou para a Síria, em companhia de Priscila e Áquila. Em Cencréia, Paulo rapou a cabeça, pois tinha feito uma promessa. Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 46, 2-3. 4-5. 6-7 (R. 8a)

R. O Senhor é o grande Rei de toda a terra.

Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia


2Povos todos do universo, batei palmas,*
gritai a Deus aclamações de alegria!
3Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo,*
o soberano que domina toda a terra.R.

4Os povos sujeitou ao nosso jugo *
e colocou muitas nações aos nossos pés.
5Foi ele que escolheu a nossa herança, *
a glória de Jacó, seu bem-amado.R.

6Por entre aclamações Deus se elevou,*
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
7Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa,*
salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!R.

Evangelho - Jo 16,20-23a

Ninguém vos poderá tirar a vossa alegria.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 16,20-23a

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
20Em verdade, em verdade vos digo:
Vós chorareis e vos lamentareis,
mas o mundo se alegrará;
vós ficareis tristes,
mas a vossa tristeza se transformará em alegria.
21A mulher, quando deve dar à luz,
fica angustiada porque chegou a sua hora;
mas, depois que a criança nasceu,
ela já não se lembra dos sofrimentos,
por causa da alegria de um homem ter vindo ao mundo.
22Também vós agora sentis tristeza,
mas eu hei de ver-vos novamente
e o vosso coração se alegrará,
e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria.
23aNaquele dia, não me perguntareis mais nada.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Jo 16, 20-23a

Nós hoje sentimos uma série de tristezas, que são causadas por causa dos acontecimentos do nosso tempo que se constituem em negação dos valores do Reino de Deus e que, além de trazer muito sofrimento para a humanidade, principalmente para os mais pobres e desvalidos, exigem de nós um testemunho corajoso de Jesus e do seu Evangelho, o que nem sempre é fácil porque na verdade somos fracos na fé. Mas devemos nos consolar e encontrar forças para esse testemunho a partir da promessa que nos é feita por Jesus no Evangelho de hoje, pois veremos Jesus e isso nos encherá de uma alegria que não nos pode ser tirada e nos levará ao pleno conhecimento da verdade.

AS: Graças a Deus

9-Salmo Responsorial (46/47)

R. O Senhor é o grande Rei de toda a terra.


1- Povos todos do universo, batei palmas,/ gritai a Deus aclamações de alegria!
Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo,/ o soberano que domina toda a terra.R.
2- Os povos sujeitou ao nosso jugo/ e colocou muitas nações aos nossos pés.
Foi ele que escolheu a nossa herança, / a glória de Jacó, seu bem-amado.R.
3- Por entre aclamações Deus se elevou,/ o Senhor subiu ao toque da trombeta.
Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa, / salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!R.

.

10-Evangelho (Jo 16,20-23a)

COM: Aclamemos o santo Evangelho, cantando.

PR: O Senhor esteja convosco!

AS: Ele está no meio de nós!

PR: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João.

AS: Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Em verdade, em verdade vos digo: Vós chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria. A mulher, quando deve dar à luz, fica angustiada porque chegou a sua hora; mas, depois que a criança nasceu, ela já não se lembra dos sofrimentos, por causa da alegria de um homem ter vindo ao mundo. Também vós agora sentis tristeza, mas eu hei de ver-vos novamente e o vosso coração se alegrará, e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria.
Naquele dia, não me perguntareis mais nada. Palavra da Salvação.

Reflexão - Jo 16, 20-23a

Nós hoje sentimos uma série de tristezas, que são causadas por causa dos acontecimentos do nosso tempo que se constituem em negação dos valores do Reino de Deus e que, além de trazer muito sofrimento para a humanidade, principalmente para os mais pobres e desvalidos, exigem de nós um testemunho corajoso de Jesus e do seu Evangelho, o que nem sempre é fácil porque na verdade somos fracos na fé. Mas devemos nos consolar e encontrar forças para esse testemunho a partir da promessa que nos é feita por Jesus no Evangelho de hoje, pois veremos Jesus e isso nos encherá de uma alegria que não nos pode ser tirada e nos levará ao pleno conhecimento da verdade.

AS: Glória a vós, Senhor.

11-Homilia

12-Profissão de Fé

13-Oração do Espírito Santo.

Ó Espírito Santo, dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora, fechado a todas as ambições mesquinhas, alheio a qualquer desprezível competição humana, compenetrado do sentido da santa Igreja! Um coração grande, desejoso de se tornar semelhante ao coração do Senhor Jesus! Um coração grande e forte para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos! Um coração grande e forte, para superar todas as provações, todo tédio, todo cansaço, toda desilusão, toda ofensa! Um coração grande e forte, constante até o sacrifício, quando for necessário! Um coração cuja felicidade é palpitar com o coração de Cristo e cumprir, humilde, fiel e firmemente a vontade do Pai. Amém.

14. Preparação das oferendas

14.1. Canto do Ofertório

PR: Orai, irmãos e irmãs, para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai todo poderoso.

AS: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda santa Igreja.

15-Oração Sobre as Oferendas

PR: Ó Deus, nós vos apresentamos este sacrifício para celebrar a admirável ascensão do vosso Filho. Concedei, por esta comunhão de dons entre o céu e a terra, que nos elevemos com ele até a pátria celeste. Por Cristo, nosso Senhor.

AS: Amém.

16-Oração Eucarística II / III

17- Canto da Comunhão

18-Oração

PR: Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis conviver na terra com as realidades do céu, fazei que nossos corações se voltem para o alto, onde está junto de vós a nossa humanidade. Por Cristo, nosso Senhor.

AS: Amém

19- ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

AS: Nossa Senhora do Rosário, dai a todos os cristãos a graça de compreender a grandiosidade da devoção do santo rosário, na qual à recitação da Ave-Maria se junta à profunda meditação dos santos mistérios da vida, morte e ressurreição de Jesus, vosso Filho e nosso Redentor. Ó Maria, fazei que por meio desta devoção cheguemos mais depressa a Jesus, e, alcancemos à vitoria em todas as lutas da vida. Amém!

ORAÇÃO A SÃO BENEDITO

AS: Ó glorioso São Benedito, que agora no céu estais gozando o premio de vosso sincero amor a Deus e fidelidade constante à santa Igreja, volvei vossos olhos de proteção sobre vossos fiéis devotos, para que sempre sigamos o caminho do bem e da virtude e, assim, alcançarmos a vida eterna. Amém!

20-Avisos

21-Bênção Final

22- Canto Final